quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A Maior Aventura de Todas!!!

Eu e o Luis Claudio, meu marido, sempre nos gabamos pelas aventuras que já havíamos feito, e, na verdade, nem eram realmente grandes aventuras, mas para os amigos sedentários sempre parecia ser algo muito maior do que realmente era... Já saltamos de paraquedas, de asa delta, já fizemos a trilha Inca, já mergulhamos, entramos em cavernas, escalamos, acampamos com e sem barraca... enfim, as nossas aventuras sempre estavam ligadas a natureza e a possibilidade de estar o mais próximo dela!!!

Até em função disso, quando tivemos o diagnóstico da doença do Gui a nossa pior sensação e até frustração estava diretamente relacionado ao nosso estilo de vida e das nossas leves e doces aventuras!! Imaginávamos leva-lo para acampar e tudo que adoramos fazer...

Mas ao invés de podermos curtir este tipo de aventura, o Gui nos levou para a maior de todas as aventuras que já vivemos! O transplante de medula óssea!

Todas as etapas que envolvem um transplante de medula significa uma grande vitória e significa também que uma conquista ainda mais importante ainda está por vir!

Vencemos a etapa da dor do diagnóstico, que nos caiu como uma sentença de morte, daí veio a etapa de localização de um doador não-aparentado, o fracasso da busca nacional, o sucesso da busca internacional, a confirmação do doador, a vinda para São Paulo e hoje, a implantação do cateter, que significa o início da nossa maior aventura, a busca pela cura do nosso pequeno Gui!!

Hoje foi instalado o cateter de hickman, que é relativamente diferente dos anteriores, mas com maior tempo de permanência. O cateter tem um efeito simbólico importante, pois será através dele que os quimioterápicos serão ministrados com o objetivo de matar, ou aplasiar a sua medula (o tal defeito de fabricação), facilitar a retirada de sangue para exames de acompanhamento e, finalmente, o transplante.

Tudo em seu tempo e dose certos! Nada pode falhar!!! Na próxima semana a médica do hospital irá à Alemanha para trazer a medula na quinta a noite. Chegando aqui no dia 21 pela manhã, para que a transfusão ocorra no mesmo dia no início da tarde!

Mas tenho que falar que estou seguindo um certo conselho: Viva um dia de cada vez!!!

E o de hoje está sendo maravilhoso!! Podendo ver nosso filhote brincando, mesmo que com o cateter meio pendurado e ainda dopado com o boa-noite-cinderela que lhe deram, mas brincando a ponto de sorrir e continuar a nos encher de emoção, orgulho e esperança!!!

Um grande beijo a todos,

Adriana (Agora diretamente do HIAE - SP)




4 comentários:

  1. Amiga, todos aqui em casa estão torcendo, lindo texto, mas já era de se esperar de alguém que tirava dez em redação, nunca me esqueço do "católico do IBGE", rsrsrsr... Tenho certeza que logo logo, vc e o Luís Claudio estarão dividindo essas aventuras com o Gui. Força, pq torcida, vcs tem muita!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou amiga virtual da Solange Mezabarba, pais do Gui. Sou evangélica e estou fazendo uma corrente de oração por ele. Ele vai ser um homem muito lindo, de extremo bom caráter e um pai maravilhoso. Esperem e verão, muita fé e esperança nessa hora, vai dar tudo certo, estamos com vcs!

    ResponderExcluir
  3. Adriana e Luis Claúdio, estamos torcendo para que tudo de certo e aconteça no seu devido tempo, como dissestes "um dia de cada vez". Mas em breve, dias muitos melhores virão. Com fé e a graça Divina tda essa "aventura" será superada. Beijos! Boa Sorte!
    Gilane e Marcos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Adriana, sou amiga da Solange há anos e tenho acompanhado a luta de vocês. Sou mais uma torcendo por vocês, quero em breve poder conhecer este vitorioso Gui - que já está dando uma lição de vida a muito marmanjo, cá pra nós. O dia do transplante é o dia do meu aniversário, não esquecerei de vocês. Tudo do melhor pra vocês! beijos!

    ResponderExcluir